Textos

Aventureiro


Por caminhos tortuosos sigo em frente,
Sem saber onde vou e o que La encontrarei,
Preciso equipar-me muito bem,
E se algum território lá tiver, serei proclamado rei.
Saí do meu reduto em segurança,
Partirei ao acaso de aventuras
E como esse incerto caminho é sem registro,
Lançar-me-ei sem mapa às escuras.
Não me tomem como tolo aventureiro,
Que calcula os seus riscos,  sem o medo encontrar,
Pois se me arrisco em desatino,
Sei que estará um grande amor a me esperar.
Na verdade sou apenas um sonhador,
Preciso minha musa encontrar,
Seria muito triste lá chegar,
Sem que tivesse alguém a me esperar.
Fernando Amaro
Enviado por Fernando Amaro em 24/04/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários